terça-feira, 8 de novembro de 2011

Lobista Daniel Almeida Tavares acusa Agnelo Queiroz de ter recebido propina em 2008

Fonte: Jornal do Brasil

A deputada Celina Leão (PSD), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Distrital de Brasília, entrega nesta terça-feira ao Ministério Público e à Polícia Federal (PF) o áudio da gravação que fez com o lobista Daniel Almeida Tavares. Segundo Tavares, o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), teria recebido propina, em 2008, quando ele era diretor da Agência da Vigilância Sanitária (Anvisa). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo Tavares, os pagamentos foram feitos, em sua maioria, em espécie e pelo menos R$ 45 mil teriam sido entregue na própria residência do governador.

O dinheiro seria parte de um suborno de R$ 50 mil, para a obtenção de licenças para um laboratório farmacêutico. O valor restante, R$ 5 mil, teria sido pago via transferência bancária.

Ouvido pelo jornal, o governador admitiu conhecer Tavares e respondeu que se recorda do depósito, mas que se trataria de uma quantia referente à devolução de um empréstimo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário